CABELO RUIM? MEU CABELO É BOM!



   Desde que me conheço por gente ouço muitas pessoas, de idosos a crianças, utilizando o termo "cabelo ruim" para se referir ao  cabelo crespo, inclusive as próprias pessoas que o tem. Quando vêem alguém de cabelo crespo passando falam "ainda bem que eu não tenho cabelo ruim", "tomara que meu filho  não nasça com cabelo  ruim". Não precisa ir muito  longe pra ouvir coisas deste tipo, não. Em  casa,  por parte dos avós, tios, primos  ou até mesmo dos pais. O nome disso é ignorância!

    Já me irritei  ao  ver pessoas de cabelo crespo utilizando o  termo. Um dia vi uma menina que tem  o cabelo alisado postando  a seguinte frase: "que raiva dessas meninas que tem o  cabelo  bom e que fazem dreads e eu aqui  querendo  ter  o cabelo  bom." Confesso que fiquei irritada. Além de não aceitar as próprias raízes, ela insinuou que o cabelo crespo e os dreads são ruins! Hoje já não   me importo tanto em ouvir tais comentários por saber que o nome disso, além  de preconceito e racismo,  é ignorância, mas me importo pelo  fato de ter muitas pessoas no mundo  com estes pensamentos.

  O que devemos ter em mente é que cabelo  ruim é o cabelo  mal  tratado, desidratado, ressecado, cheio de pontas duplas, e não o  cabelo crespo. Nascemos com crespo e não ruim, quem criou este termo  foram racistas querendo  colocar defeito na criação.








This entry was posted on 11/09/12 and is filed under ,,,,,,,,,,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

5 Responses to “CABELO RUIM? MEU CABELO É BOM!”

  1. Que coisa mais linda esse desabafo.
    Meu nome é Isabella, tenho 16 anos e já fiz de tudo nos meus lindos cachinhos, alisei, escovei e estraguei. Hoje sim posso dizer que tenho um cabelo RUIM, como ela disse , desidratado e feio, isso por pensar que deixei lindos cachinhos para trás. Agora já faz muitos meses que não aliso e já está bem grandinho e prestes a cortar e ser uma menina cacheada de novo, uma menina black power *-*

    ResponderExcluir
  2. Que bom, Isabella! A gente deseja sorte nesse caminho de retorno. Que os lindos cachinhos voltem mais lindos do que nunca. Só pela iniciativa você pode se considerar uma Menina de respeito e com louvor.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Eu sentia a mesma coisa(raaaaiva) a respeito dos comentários sobre os cabelos da milha filhota.As pessoas olham pra mim com aquela cara de "nossa,dá um jeito no cabelo dessa menina!".De vez em quando solto umas farpas,como "em terra de chapinha,quem tem cachos é rainha..."
    O que me deixa feliz é que ela,na flor dos seus 6 aninhos,é uma cacheada assumida.E,se depender de mim,sempre será!Ah,e ela é super fã da Vanessa da Mata,rsrs!
    Um beijo!
    Rose Herculano
    SP

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post.
    Antes tb ficava super chatiada ao ouvir comentários como esses,
    mas eu me sinto tão bem e tão segura com meus cachos que nem dou mais bola.
    Quando algm fala algo, coloco meu black bem lá em cima, nem dou confiança pra esse povo, rs.
    Só espero que com o tempo, e com a disseminação de blogs como esse, as pessoas deixem de ser tão ignorantes assim.
    Vida longa aos nossos cachos ;D
    bjs

    ResponderExcluir
  5. colocar apelidos como bombril ,cabelo de estopa isso sim é triste , agora o termo cabelo bom e cabelo ruim , surgiu porque os cabelos crespos , eu digo crespos e não aqueles cabelos cacheados com aqueles cachos largos e moles, os cabelos crespos realmente são difíceis de cuidar, são muitos frágeis e difícil de pentear e seco ,por isso se diz que é ruim, ja os cabelos lisos ou levemente cacheados são mais fáceis de cuidar .

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!