TIPO COLÔMBIA - PARTE 1


        Opa! Estou na área. Se derrubar é penalt! [risos] Tudo bem, meninas? Já estive aqui uma vez contando minha experiência no doloroso processo que é cortar as madeixas. Hoje vim falar de viagens. Quem não ama viajar? Ainda mais com tu-do pago. Melhor ainda! 
     Em Janeiro do ano passado todo mundo aqui em casa estava com o coração na mão, pois eu tinha acabado de ser chamada pra fazer um intercâmbio de seis meses na Colômbia (Oi? O que? Mas e as FARC?!) e minha família estava "louuuca, louquinha"!
        Foi um corre, corre. Procura visto daqui, documentos pra lá, mala, roupa, casa pra morar e tudo que vinha no pacote. Sei que no dia 10 de Fevereiro de 2012 eu estava pegando o avião para a viagem mais incrível da minha vida! Cheguei lá sem falar nada de espanhol e precisava me virar pra encontrar a casa onde eu ia morar (acertamos tudo pela internet, eu não os conhecia, foi na cara, na coragem e na fé) peguei um táxi e finalmente cheguei no bairro onde eu poderia chamar de meu durante os próximos 6 meses (só que não, porque quando você menos espera a vida muda os planos!).
      Eles eram uma família super simpática e me dei muito bem com eles apesar do meu espanhol precário. Minha faculdade era linda, musical e super artística. Durante as aulas os estudantes de música tocando violino pelo campus, os de artes pintavam e os de exatas eu não sei porque não falava com eles [risos].

      Na minha mala tinha tudo o que eu precisava e inclusive meu super secador de cabelo! Porque eu sabia que Bogotá era uma cidade fria e que não ia sair na rua com meu black molhado. No começo das aulas eu me sentia uma estranha na faculdade. Primeiro porque era a única estrangeira nas minhas aulas, segundo que era a única negra nessas aulas. Em Bogotá é muito difícil ver gente negra, muito mesmo! Então eu era quase um E.T. pra eles. Bem, eu me sentia um E.T. pra eles.

      Alguns dias eu ia de cabelo solto, nos outros tacava um turbante na cabeça, até estar sem paciência, prender tudo pra cima e partir pra aula. Foi complicado, sabem? Eu queria ter a experiência de deixar meu cabelo mais  ao natural, mas aqui no Brasil não tinha muita coragem, então, durante a viagem, fui obrigada a deixar, né?! Eu não ia entregar meu cabelo suado nas mãos de um desconhecido, ainda mais um desconhecido que não fala a minha língua!

       Mas se vocês estão pensando que eu fiz uma viagem maravilhosa e que deu tudo super certo, estão enganadas! Como o bom da vida é ser surpreendida, essa viagem foi uma caixinha de surpresas. Fica de olho aqui que no próximo episódio da série eu conto mais. Abaixo fotos dos primeiros momentos por lá.






This entry was posted on 23/04/13 and is filed under ,,,,,,,,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

6 Responses to “TIPO COLÔMBIA - PARTE 1”

  1. Aiii Clah agora fiquei curiosa pra saber a continuação da história... haha espero que a continuação venha logo,beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Semana que vem continua, flor. Obrigada por nos prestigiar com o comentário.

      Excluir
  2. Aaaah cara, parabéns pela conquista.. é isso aí vai fundo, é estranho? deve ser mesmo mas sua conquista estara bem na sua mao em breve e vc poderá contar pra quem estiver desanimado lá na frente que vc conquistou... experiencia e expectativa de vida e na vida !!

    ResponderExcluir
  3. Eu quero saber logo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Yra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já leu a parte 2? Obrigada pelo comentário! Beijos.

      Excluir

Obrigada por comentar!