CRÓNICAS DE CHOCOLATE


   Bem-vindos a minha primeira… bem, na falta de melhor palavra, posso dizer mesmo crónica. Antes tudo, gostaria de esclarecer que eu não sou brasileira, mas sou luso-cabo-verdiana, ou seja, nasci e vivi em Cabo Verde, mas vivo agora em Portugal. Tenho as duas nacionalidades. Espero que o português que uso não seja difícil de compreender.
  Escolhi dar o nome "Crónicas de Chocolate" não só porque este blog trata da nossa africanidade, também porque o castanho é uma das minhas cores favoritas, é o tom da minha pele e também porque adoro chocolate. A sério. Adoro.
 Para começar vamos fazer um pequeno contexto da história entre Portugal e África, okay? Bom, para quem não sabe Portugal teve colónias em África, América do Sul e na Ásia. Em África foram colónias, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Cabo Verde. A colonização portuguesa em África começou no seculo XIV, na conquista de Ceuta em 1415, mas a verdadeira colonização começou no século XV. O fim da colonização portuguesa e independência das colónias africanas começou com o fim da ditadura, em 1974 com a Guiné Bissau, e acabou em 1975 quando Cabo Verde, São Tomé, Moçambique e Angola obtiveram independência. Devido presença portuguesa em território africano, há muitos africanos em Portugal. Durante muitos anos a comunidade cabo verdiana tinha o maior número em Portugal, recentemente foi ultrapassada pela comunidade brasileira.
    Enfim, tudo isto para dizer que em Portugal há muita influência africana. Quer seja na música, na comida, jeito de falar ou até mesmo na roupa. África faz parte de Portugal, há ainda imensos portugueses nas antigas colónias e há ainda mais africanos em terras lusas. Por mais que brigadas nacionalistas, extremistas, patriotas, neo nazistas (sim, porque temos alguns por aqui também) tentem inverter a situação, será praticamente impossível tirar África de Portugal e Portugal de África.
   Nesta pequena crónica semanal vou explicar o que é ser Africana em Portugal, tanto na moda, como nos cabelos, convivências, relações e peripécias. Vou tentar explicar-vos, mais ou menos, o que é ter 22 anos, ser africana, ter um cabelo para cuidar e estar em Portugal. Contar histórias, pequenos eventos, conversas e quem sabe até entrevistas. Vou dar a minha opinião e os meus pontos de vista, não espero que concordem sempre, nem espero que estejamos sempre em polémicas, mas sim que consigamos um debate saudável e educativo.
   Vou escrever sempre que possível e espero que gostem do que aqui aparecer. Beijinhos e comam muitos chocolates. 



This entry was posted on 19/01/13 and is filed under ,,,,,,,,,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

2 Responses to “CRÓNICAS DE CHOCOLATE”

Obrigada por comentar!