RAÍZES DE NÓS.


Não vamos cortar, pra diminuir
Nem alisar pra você gostar
Cabelo, muito cabelo crespo
Crespo, crespo
Muito cabelo mesmo
Duro ou qualquer coisa que pensem
Cabelos fortes, enraizados
Em vocês tão ausente
Soltemos
Mostremos quem somos
Se formos
E não vivamos a esmo
Com vergonha do nosso cabelo
É forte sim 
É lindo sim
Pro alto sim 
Prazer somos pretos , nosso cabelo é assim
Vão tentar nos esconder
Mas não conseguirão ocultar nossos cabelos.

Não como dizes, ruim.



This entry was posted on 06/09/12 and is filed under ,,,,,,,,,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

Leave a Reply

Obrigada por comentar!